Mudas de Tataré

Mudas de Tataré

TATARÉ (Pithecolobium tortum)

Ocorrência Rio de Janeiro

Outros nomes – jurema, angico branco, jacaré, vinhático de espinho
Características  planta espinhenta decídua, com 6 a 12 m de altura, tronco canelado de 30 a 50 cm de diâmetro. Folhas compostas com 3 jugos de pinas. Folíolos em número de 5 a 8 pares por pina, de 10 a 15 mm de comprimento por 3 a 5 mm de largura. Fruto legume helicoidal deiscente. Um Kg contém aproximadamente 22.500 sementes.
Habitat – restingas ao longo da costa Atlântica
Propagação  sementes
Madeira moderadamente pesada, dura, compacta, bastante decorativa, de longa durabilidade quando em ambientes internos. 

tatare
Utilidade  a madeira é própria para obras internas, marcenaria fina, trabalhos de tornos e cabos de ferramentas. A árvore é extremamente ornamental, principalmente pela forma e coloração do tronco. É bastante apropriada para o paisagismo, principalmente para arborização urbana. Presta-se também para plantios mistos em áreas degradadas.
Florescimento  outubro a novembro
Frutificação  agosto a setembro com a planta totalmente destituída de folhagem
LUMINOSIDADE: Sol pleno.
ÁGUA: Regar de forma moderada 1 vez por semana.

CLIMA: Aprecia clima subtropical. Não tolera frio intenso.
PODA: Não necessária, mas pode ser realizada poda de formação, retirando ramos secos e mal formados e brotações laterais.
CULTIVO: Aprecia solo arenoso, com a presença de matéria orgânica. Só depois de adulta começa adquirir troncos tortuosos, o que demora mais de 5 anos.
FERTILIZAÇÃO: Por ocasião do plantio da muda, incorpore um pouco de esterco animal muito bem curtido ou composto orgânico.
UTILIZAÇÃO: Com seus galhos retorcidos e tronco descamante, conferem a esta árvore, um aspecto diferente, chamando atenção a todos que por ela passam, fica maravilhosa em grandes jardins.
Nota: O pintor e paisagista modernista Burle Marx, foi responsável pela colocação desta árvore nativa em nossos jardins.

PROPAGAÇÃO: Por sementes, a emergência ocorre em menos de 1 mês, mas é baixa.
Powered by http://wordpress.org/ and http://www.hqpremiumthemes.com/