Capixingui -Mudas de Capixingui

Capixingui -Mudas de Capixingui

Croton floribundus

Família: Euphorbiaceae
Outros nomes populares: Tapixingui, velame, capexingui

Com flores melíferas e madeira indicada para caixotaria leve e carpintaria, esta arvore é também muito útil para plantios em reflorestamentos de áreas degradadas de preservação permanente.

Tamanho mínimo: 8m   Tamanho máximo: 12m
Ocorrência: RJ a PR, latifoliada semidecídua
Informações ecológicas: Decídua ou semidecídua e heliófita; é característica de matas secundárias em florestas semidecídua; vista também no interior de matas primárias; dispersão ampla em regiões de altitude e na floresta latifoliada da bacia do Paraná.
Obtenção de sementes: Coletar os frutos direto da arvore assim que iniciarem a abertura espontânea; leva-los ao sol para completarem a abertura dos frutos e a soltura das sementes; um quilograma tem aproximadamente 24.900 sementes.
Produção de mudas: Por as sementes para germinarem em canteiros semi-sombreados; cobrir com subtrato e irrigar duas vezes ao dia; emergência entre 20 e 40 dias; taxa de germinação baixa; desenvolvimento das mudas no campo é rápido.
Flores: outubro a dezembro
Frutos: janeiro a fevereiro

Referências: v1 pg 115

Fonte:http://www.vivafloresta.org/especies/capixingui

Benefícios das arvore nativas

– O alimento é exatamente os que os animais nativos precisam; isso é precisamos de variedades de especies de plantas nativas para alimentarem varias especies de insetos e animais para recompor um bioma , assim teremos uma APP (Area de Preservação Permanente)

Powered by http://wordpress.org/ and http://www.hqpremiumthemes.com/